quarto infantil
25
Maio

Dicas de decoração para quarto infantil

A decoração para quarto infantil é um desafio que todas as mamães são obrigadas a enfrentar. Seja menino ou menina, a depender da idade, tudo perde o sentido e precisa ser renovado.
É muito comum que, na medida em que as crianças crescem, percamos a noção de que alguns itens deveriam estar fora do quarto ou dentro dele, certo? Hoje vamos discutir um pouquinho sobre decoração infantil.

Gênero e Idade x Decoração

É muito importante que a decoração siga um padrão evolutivo. Geralmente, quando as mamães procuram esse tipo de postagem, os bebês estão prestes a nascer e encontrar seu novo lar, certo?
Mas, os bebês crescem, e é preciso tomar os devidos cuidados para que a decoração também “cresça” com eles, os deixando cada vez mais confortáveis. Por isso, vamos para algumas dicas importantes.

Recém-nascidos

Independente do gênero, os recém-nascido são sensíveis a luz e a cores. Se você planeja decorar o ambiente, opte por uma pintura clara (cores pastel, branca ou rosa e azul bebê) com tinta um mês antes da chegada do pequeno, para que o cheiro não fique muito forte.

Você também pode optar por papéis de parede que, além de mais limpos, são de fácil manuseio. Escolhida a cor da parede, dê os detalhes com uma ou duas cores a partir da mobília e itens decorativos como pelúcias ou bonecos e bonecas. Se o quarto tem janelas, que tal optar por uma cortina ou persiana? Além de ser um item decorativo chave, também deixa o espaço mais agradável.

Crianças

Quando conversamos sobre crianças, o desafio começa. Na verdade, nessa fase é impossível chegar a um consenso e consultar sobre alguma coisa em específico. Mas, calma. Tem jeito. A decoração para quartos de crianças entre 3 a 10 anos deve ser criativa e estimulante.

Trabalhe com as cores favoritas, use camas de cabeceira alta, armários embutidos, trabalhe mais uma vez as cores do quarto e crie uma espécie de temática para o ambiente. Um papel de parede com elementos que seu filho goste é uma ótima ideia! Nessa fase, os quartos não são para dormir, mas, sonhar. Estimule seu filho ou filha a ler e reserve uma estante, deixe caixas de brinquedo chamativas, mas, não aposte em personagens específicos. As crianças crescem e enjoam fácil da situação.

Adolescentes

Eles já possuem opinião própria e, questioná-la, pode ser um erro. O quarto é um ambiente em que devemos nos sentir seguros e confortáveis. Inspire-se em gostos pessoais, peça opinião e inclua seus detalhes. Todo o adolescente gosta de pôsteres e uma parede pode ser reservada pra isso. Havendo espaço, por que não instalar uma mesa de estudo, também?

Instale prateleiras e nichos, trabalhe com o estilo do seu adolescente, mas, faça o possível para harmonizar as cores e não deixar tudo muito cansativo. Existem muitas opções de papéis de parede especialmente criadas para o universo teen.

Dicas adicionais

  • Respeite os gostos e preferências do seu filho, se mais velho. Sentir-se desconfortável em um ambiente que deveria lhe trazer paz não é saudável.
  • Coloque sempre uma mesa de estudos ou atividades para seus filhos. Opte por notebooks e não pcs, para evitar que eles se entreguem demais e percam a noção do tempo.
  • Atente para a iluminação. Ninguém gosta de sol no rosto de manhã. Reavalie a posição da cama ou opte por cortinas e persianas.
  • Use as cores favoritas do seu filho ou filha para criar um laço de familiaridade.
  • Foque em criar um mundo especial que estimule sua criatividade.
  • Deixe brinquedos e livros ao alcance das crianças.
  • Use papéis de parede, que além de mais práticos deixam o ambiente mais moderno e aconchegante.
  • Por melhor que seja o projeto, atente sempre para a segurança.